top of page

Apresentação de dados

Atualizado: 22 de mai. de 2022


Dados podem ser apresentados e resumidos em diversos objetos. Entre eles, destaca-se a utilização de tabelas e gráficos.

Tabelas Estatísticas

A legenda das tabelas deve ser precedida da palavra Tabela e de seu respectivo número. A posição do título é alinhada à esquerda e acima da tabela. Para a construção da tabela devem-se respeitar as normas estatísticas e observar as normas para apresentação de tabelas, publicadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE, 1993).


Elementos essenciais de uma tabela

  • título: é a indicação que precede a tabela e que contém a designação do fato observado (o quê?), o local (onde?) e a época (quando?) em que foi registrado;

  • cabeçalho: é a parte superior da tabela que especifica o conteúdo das colunas;

  • coluna indicadora: é a parte da tabela que especifica o conteúdo das linhas;

  • corpo: é o conjunto de colunas e linhas que contém, respectivamente, em ordem vertical e horizontal, as informações sobre o fato observado;

  • rodapé: constituídos das seguintes informações:

  • fonte: é a indicação da entidade responsável pelo fornecimento dos dados ou pela sua elaboração;

  • notas: são informações de natureza geral, destinadas a conceituar ou esclarecer o conteúdo das tabelas, ou a indicar a metodologia adotada no levantamento ou na elaboração dos dados;

  • chamadas: são informações de natureza específica sobre determinada parte da tabela, destinadas a conceituar ou esclarecer dados.

Convenções usadas na construção de tabelas:

  • traços verticais: não serão delimitadas à direita e à esquerda por traços verticais (não devem ser fechadas à direita e à esquerda);

  • separação das colunas: será facultativo o emprego de traços verticais na separação das colunas no corpo da tabela;

  • traços horizontais mais grossos: as tabelas, excluídos o titulo e o rodapé, serão delimitadas no alto e embaixo, por traços horizontais mais grossos, preferencialmente.

Dicas e sugestões:

  • Não utilize mais casas decimais do que o necessário para não mascarar as comparações de interesse. Percentual e moeda devem ser representadas com duas casas;

  • Proponha um título autoexplicativo e inclua as unidades de medida. O título deve dizer o que representam os números do corpo da tabela e, em geral, não deve conter informações que possam ser obtidas diretamente dos rótulos de linhas e colunas;

  • Inclua totais de linhas e/ou colunas para facilitar as comparações. É sempre bom ter um padrão contra o qual os dados possam ser avaliados;

  • Ordene colunas e/ou linhas quando possível. Se não houver impedimentos, ordene-as segundo os valores, crescente ou decrescentemente;

  • Tente trocar de orientação (linhas por colunas) para melhorar a apresentação. É mais fácil fazer comparações ao longo das linhas do que das colunas;